535 Views |  1

Tinta da China lança “Mulheres Condenadas – Histórias de Dentro da Prisão”

Uma prisão, dezenas de mulheres e dezenas de histórias e experiências de violência, exclusão social e pobreza que nunca foram contadas. Mulheres Condenadas – Histórias de Dentro da Prisão, de Catarina Frois, editado recentemente pela Tinta da China, é um relato sobre o dia-a-dia das reclusas do estabelecimento prisional feminino de Odemira, no Alentejo, assumindo-se ao mesmo tempo como um “contributo para a reflexão sobre o sistema penitenciário português”.

“Em Mulheres Condenadas, o leitor é convidado a entrar na prisão — lugar de ambivalências que continua a despertar medo e curiosidade e que, neste caso, tem apenas cinquenta camas e se situa numa sossegada vila alentejana — e, através das narrativas das reclusas, compreender os sentidos e significados da punição”, lê-se no comunicado divulgado pela editora.

Catarina Frois é doutorada em Antropologia, investigadora no Centro em Rede de Investigação em Antropologia e professora auxiliar convidada no departamento de Antropologia do ISCTE-IUL. Entre as suas obras mais recentes, encontram-se The Anthropology of Security. Perspectives from the Frontline of Policing, Counter-terrorism and Border Control, Peripheral Vision: Politics, Technology and Surveillance, Vigilância e Poder e A Sociedade Vigilante: Ensaios sobre Identificação, Vigilância e Privacidade.

Texto: Magnética Magazine
Fotografia: Direitos Reservados