1461 Views |  Like

Para ter luz é preciso colocar moedas ou…soprar!

Kelly Durango e Mauricio Sanin do MOAK Studio criaram dois candeeiros que precisam de ações adicionais, para além de um simples botão que os faz funcionar.

DINA é o primeiro candeeiro, criado com filamento de plástico, madeira e cobre. De forma a tornar o usuário ciente do valor da luz e o dinheiro necessário para ter energia, este candeeiro precisa de receber moedas – como um mealheiro – para funcionar.

Já o segundo protótipo, de nome Volé, é feito com os mesmos materiais de DINA e inspirado no vento. Com uma pequena ventoinha na parte superior, este candeeiro só funciona se o usuário soprar ou se a peça estiver perto de uma janela com vento, funcionando da mesma forma na hora de desligar a luz.

modern-lighting-design-prototype-090418-131-02modern-lighting-design-prototype-090418-131-03

Texto: Ana Suzel
Fotografia: Direitos Reservados