1013 Views |  Like

O Estrangeiro

Albert Camus
Adaptação a banda desenhada por Jacques Fernandez

A Arcádia regressa aos clássicos com uma pitada de modernidade.
Numa altura em que as séries de banda desenhada se sobrevalorizam na televisão, talvez esta seja a solução ideal para levar as pessoas a ler os clássicos da literatura.
De todas as obras de Albert Camus, O Estrangeiro é, provavelmente, a sua obra-prima e uma das suas obras mais conhecidas. Inserida no conjunto de obras sobre o absurdismo que Camus escreveu, não é, de todo, a mais fácil de ler. Talvez agora, neste tipo de publicação, seja mais fácil dissecar o livro.
Meursaultéalgeriano e a personagem principal desta história. Num primeiro momento ele apresenta-se como uma pessoa indiferente a tudo, seja àmorte da mãe, ao casar, ou não, com a amante ou outra qualquer, etc. Atémesmo ao crime que comete ele parece indiferente. Mas éexactamente neste ponto que se dáa reviravolta. Vamos conhecer o crime pelos olhos do criminoso.
Embora não se crie uma identificação com o personagem, sombriamente, em algum ponto, começamos a ver as suas atitudes como naturais.

Não seráesta mesma aceitação do leitor um absurdo?

babel.pt

Texto: Luísa de Carvalho Pereira
Fotografia: Direitos Reservados