1681 Views |  4

Fulana, beltrana e sicrana

No atelier de Benedetta Maxia, italiana nascida em Pisa a morar em Lisboa há cerca de 12 anos, existe, afixado na parede, um mapa-mundo. Nesse mapa estão assinalados, com bandeirinhas coloridas, os diferentes países e cidades para onde já enviou as suas criações: bonecos personalizados e acessórios projetados e fabricados artesanalmente que se traduzem em diferentes coleções. No mapa constam ainda fotografias nas quais vemos pessoas que ostentam orgulhosamente miniaturas de si próprias. Passamos a explicar. Uma das vertentes de produção da marca Fulana, Beltrana e Sicrana, criada oficialmente em 2012, consiste precisamente na criação de bonecos (com aproximadamente 40 cm) que reproduzem, o mais fielmente possível, a imagem original dos seus modelos.
Benedetta, que também é bailarina, sempre gostou de contar histórias e os bonecos revelaram-se as personagens que melhor representam o seu imaginário. Muita da sua inspiração vem dos materiais que vai recolhendo, sobretudo dos tecidos (muitos vintage e edições limitadas) que vai resgatando e reciclando. Quando criou o nome da marca a primeira imagem que lhe veio à cabeça foram três raparigas com ar muito anos 60-70 e agradou-lhe a ideia que fossem mais conhecidas pelas características da sua fisionomia e pela sua roupa do que pelo nome. Até porque, no início, quando dava nome aos bonecos, acabava por não conseguir separar-se deles (como aconteceu com o boneco que homenageia o famoso Senhor do Adeus que acenava no Saldanha e que para Benedetta é uma das personagens mais icónicas da cidade).
Recentemente, Fulana, Beltrana e Sicrana participou no Wonder Room da última edição da Moda Lisboa, uma pop-up store dedicada a cerca de 30 marcas nacionais emergentes. Já colaborou com a designer de moda Alexandra Moura, assim como com a Burel Factory.
Assistam ao vídeo, vejam as fotografias e deliciem-se com o mundo encantado dos bonecos.





Processed with VSCO with f2 preset


Processed with VSCO with f2 preset


Processed with VSCO with f2 preset


Processed with VSCO with f2 preset


Texto: Cristina Campos
Fotografias e vídeo: Beatriz Pereira