294 Views |  Like

“da terra acesa” inaugura sábado na Sputenik

Inaugura no próximo sábado, dia 24 de novembro, a exposição da terra acesa de Daniel Moreira e Rita Castro Neves, na Sputenik the Window (Rua do Bonjardim nº 1340 no Porto).

Uma exposição que explora e se debruça sobre a natureza e a questão dos incêndios que ultimamente têm ocorrido em Portugal. As imagens e sons captados pertencem às antigas Minas de Pejão, resultando numa instalação que apresenta uma paisagem e o seu avesso, para, a partir da construção de uma aparência e do seu reverso, pensar a destruição do território e o comportamento humano.

Por força dos grandes incêndios de 15 de outubro de 2017 em Pedorido, Castelo de Paiva, nas desativadas Minas do Pejão, o carvão que se encontra debaixo da terra e que está naturalmente em combustão lenta, ativa-se com o aquecimento global provocado pelo incêndio florestal, entrando em combustão acelerada visível. À destruição provocada em cima da terra corresponde uma ebulição debaixo dos pés – num movimento descontrolado e em cadeia que ameaça, com fumo e fogo, a vida à superfície.”

A exposição estará patente até dia 19 de janeiro de 2019, de quinta-feira a sábado.