767 Visualizações |  2

“While Satellites Dance” de Paulo Arraiano

O artista português Paulo Arraiano inaugurou a sua primeira exposição individual no Brasil, de nome “While Satellites Dance”, patente na Galeria TAL (Tech Art Lab), na zona portuária do Rio de Janeiro.

Nesta exposição, o artista apresenta várias das suas mais recentes criações, produzidas em 2016, num conjunto de pinturas de grande e pequena escala, bem como instalações. A dimensão contrastante das obras cria uma sensação de afastamento e proximidade, um zoom in e zoom out que se inspira nas relações humanas e no contexto da sociedade contemporânea, controlada por satélites artificiais.

Num conjunto de obras monocromáticas que resultam em imagens que se assemelham ao que vemos nos registos fotográficos dos satélites, Paulo Arraiano utiliza o movimento e o corpo num processo abstrato, diretamente ligado às deslocações em órbitas.

Paulo Arraiano é conhecido pelas suas inúmeras exposições – individuais, coletivas e instalações públicas site specific – das quais se destacam “Point of View” no Palácio da Pena em Sintra – a qual visitámos anteriormente -, “Down to Earth” em Londres, “1/81” no Museu Coa, entre muitas outras.

A exposição estará patente até ao dia 24 de outubro.


pauloarraiano_whilesatelitesdance_02

pauloarraiano_whilesatelitesdance_03

pauloarraiano_whilesatelitesdance_04

Texto: Ana Suzel
Fotografia: Direitos Reservados