908 Visualizações |  Gosto

Thomas Mendonça e Raquel Fidalgo: da arte para a moda

Colaboram juntos já há algum tempo. A primeira vez que conhecemos o seu trabalho foi na Galeria Verso Branco, onde voltam agora com mais uma exposição: THALEIA. Thomas Mendonça e Raquel Fidalgo estudaram juntos e conhecem bastante bem o trabalho um do outro, o que lhes permite juntar técnicas e áreas distintas.

THALEIA foi o seu “ponto de encontro mais recente. Ambos sentimos grande afinidade com o trabalho do outro, e desta vez foi a convite da Raquel que decidimos estreitar ainda mais a relação entre os seus desenhos e as minhas cerâmicas. O título foi escolhido na medida em que THALEIA é, na mitologia grega, tanto musa quanto nereide” explica Thomas, que tem contacto com a cerâmica desde criança e licenciou-se na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha. A artista Raquel afirma que trabalharem juntos é “simples e imediato, fez sentido! Apesar de serem trabalhos muito diferentes, o universo que nos une fala a mesma língua, as linhas que os transfiguram criam delicadas formas”.

O trabalho de Thomas Mendonça esteve, recentemente, representado na ModaLisboa, o que, segundo o artista, foi durante muito tempo uma das áreas que era o seu objetivo de carreira. “O que me levou até à última edição da Moda Lisboa, foi uma parceria com a marca AWAYTOMARS que este ano optou por um desfile não convencional, convidando uma série de artistas a intervir diretamente – e em direto – nos coordenados apresentados pela marca. Iremos em seguida definir uma linha de vestuário a partir das propostas apresentadas pelos artistas durante o desfile. Foi uma experiência bastante intensa, gostei muito”.

Já a Raquel foi também, nos últimos tempos, convidada a desenhar para a Carolina Herrera : “Para mim ainda é tudo muito recente, surgiu a partir de uma coincidência incrível. Tinha uma exposição no espaço “Primeiros Sintomas”, uma proposta com curadoria do Thomas para festejar os 400 anos de Shakespeare. Criei um cenário habitável, uma “Floresta”, com luzes e tripés e foi com este cenário que uma das agentes de uma empresa de tecidos do Norte se deparou. O meu trabalho foi transformado para tecido e voou para Paris em menos de dois meses, ainda não tenho nada garantido, mas poderão existir futuros trabalhos com algumas marcas a nível internacional. O mundo da moda é vasto e fascinante espero poder explora-lo no seu devido tempo”.

Para o futuro, Thomas está a preparar a sua próxima exposição individual de desenho integrada na programação do Ciclo TRY BETTER, FAIL BETTER - produzido pelo Teatro Taborda (da Garagem) – que inaugurará dia 5 de abril. Para a Raquel, um dos seus maiores objetivos é “fazer crescer muitas mais florestas e plantas.

Vejam algumas imagens da sua mais recente exposição a dois, patente na Galeria Verso Branco até ao dia 5 de abril:

t4 t2 t IMG_7422 IMG_7407

Texto: Ana Suzel
Fotografia: Direitos Reservados