600 Visualizações |  Gosto

‘I don’t Feel at Home in This World Anymore’ vence Grande Prémio em Sundance

A comédia negra norte-americana I don’t Feel at Home in This World Anymore, protagonizada por Elijah Wood e Melanie Lynskey e produzida pela Netflix (estará disponível a partir de 24 de Fevereiro), com realização do ator Macon Blair, venceu no domingo o Grande Prémio do Júri do Festival de Sundance, criado pelo ator Robert Redford.

Elijah Wood interpreta um fã de heavy metal e artes marciais, vizinho de uma enfermeira (Melanie Lynkskey) que decide simplesmente não baixar os braços e vingar-se do grupo que lhe assaltou a casa. Na cerimónia de entrega dos prémios, a diretora executiva do festival, Keri Putnam, arrancou uma salva de palmas do público quando disse que queria “saudar os artistas de países maioritariamente muçulmanos que se juntaram ao festival este ano”, criticando assim o decreto anti-imigração assinado por Donald Trump, que limita a entrada de cidadãos de sete países (Iraque, Irão, Líbia, Somália, Sudão, Síria e Iémen) em território norte-americano.

O júri do Festival de Sundance distinguiu igualmente com Grandes Prémios os filmes Dina, de Dan Sickles e Antonio Santini (categoria Documentários Norte-americanos); The Nile Hilton Incident, do sueco Tarik Saleh (Drama Internacional); e Last Men in Aleppo, de Firas Fayyad, sobre os White Helmets (capacetes brancos) na Síria (Documentário Internacional). Os prémios do público foram atribuídos a Crown Heights, de Matt Ruskin (Melhor Filme Americano), e Chasing Coral (Melhor Documentário Americano).

Na categoria de Curtas, a que concorria o filme português Pedro, de André Santos e Marco Leão, o Prémio do Grande Júri foi para And So We Put Goldfish In The Pool, do japonês Makoto Nagahisa.

Texto: Magnética Magazine
Fotografia: Direitos Reservados