476 Visualizações |  Gosto

Fornada de Trailers #6

Mais uma semana, mais uma fornada de trailers. É sempre bom antecipar coisas, especialmente quando são deste calibre. Como diria o Neil Young, “walk with me” – no sentido em que nos preparamos para um “walk-and-talk” expositório que passa em revista os últimos trailers que apareceram, tanto em termos de cinema, como de televisão.

Rough Night

Esta comédia marota (género normalmente reservado para os homens,com filmes como os vários Hangover ou Neighbors) é realizada por uma mulher (Lucia Aniello, que fez também Broad City, a melhor série de comédia ever), escrita por uma mulher (vá, e um homem também, Paul W. Downs, também de Broad City) e é composto por um elenco principal de mulheres: Scarlett Johansson, Kate McKinnon, Zoë Kravitz, Jillian Bell e Ilana Glazer. Estas mulheres partem para um fim-de-semana em Miami para uma despedida de solteira e há aventura, hilaridade e um potencial crime. O verão está cada vez mais perto.



Becoming Bond

Segue-se o trailer do documentário da plataforma de streaming Hulu sobre George Lazenby, um modelo australiano e um aspirante a ator que, pelas suas próprias palavras, conseguiu “aldrabar” as pessoas de modo a conseguir o papel de James Bond depois de Sean Connery acabar o seu reinado em 1967. Há entrevistas, imagens de arquivo e recriações dramáticas com atores como Josh Lawson, Jeff Garlin, Jake Johnson, Jane Seymour e Dana Carvey. Para quem conseguir aceder ao Hulu, aparece a 20 de maio.



Atomic Blonde

Se alguma vez pensaram que o John Wick seria ainda melhor se tivesse uma mulher badass como protagonista, então há boas notícias. O outro realizador de John Wick, David Leitch, pega na incrível e inoxidável Charlize Theron à volta da qua constrói Atomic Blonde, uma espia com uma missão impossível Mas com outra missão totalmente possível: bater numa série de gajos. Vamos a isto?



Baby Driver

Acabamos da melhor maneira. Da melhor. Maneira. Possível. Comecemos pelo seguinte: o Edgar Wright nunca fez um filme mau. Pelo contrário, tudo o que faz é incrivelmente bem escrito, filmado e fora do comum. O homem tem um toque particularmente habilidoso para o cinema do século XXI e é um Realizador com R grande. Depois de se ter afastado da Marvel devido a “diferenças criativas” em Ant-Man (um filme que adoro, de Peyton Reed, um realizador que eu adoro), este foi o projetou que anunciou. E agora podemos ver um bocadinho do que será essa potencial bomba cinematográfica. Este é o trailer oficial, mas também há um internacional - eu gosto mais do oficial. O filme – descrito como um “action movie powered by music” – conta com Ansel Elgort como o epónimo Baby, mas também com Jamie Foxx, Kevin Spacey, Eiza González, Lily James, Jon Bernthal e John Hamm. Tem todo o potencial para ser brilhante mas falamos em agosto.



Texto: Ana Cabral Martins
Imagem: Direitos Reservados