619 Visualizações |  Gosto

EARLYMADE, uma concept store a visitar no Porto

O Porto tornou-se mais rico, desde que os irmãos Emanuel e Patrícia de Sousa fizeram nascer no número 235 da Rua do Rosário o projeto EARLYMADE.

Foi em 2016 que nasceu uma concept store singular, baseada numa convicção e estética distintas, onde as vivências e as viagens dos dois irmãos tiveram peso. As marcas aqui presentes têm algo em comum: todas elas com produção predominantemente feita em Portugal, juntamente com itens de outras regiões geográficas.

Foi em outubro de 2016 que abriu ao público, com uma coleção dedicada ao Homem, numa primeira versão da loja que representava a atmosfera de uma sala de estar, onde a estética e as linhas eram maioritariamente inspiradas na simplicidade masculina. A arquitetura ficou a cargo de Emanuel de Sousa, criando um espaço flexível, ao ponto de mudar a configuração e espacialidade da loja, a cada nova estação.

As montras mudam mensalmente, sob a forma de instalações ao estilo da EARLYMADE. No interior, existem plantas, apontamentos de decoração e revistas de lifestyle, viagens, arte, design e arquitetura. Ao fundo, o atelier de costura oferece aos artistas – que estejam a trabalhar a arte têxtil – a possibilidade de trabalhar neste espaço. Existe ainda um espaço destinado ao descanso, convidando todos a parar e a desfrutar do ambiente da loja, enquanto provam um café – da parceria com Vernazza Coffee Roasters, produtor artesanal de cafés especiais, dedicado à torra manual.

Maison Kitsuné – uma marca francesa com a coleção permanente feita quase toda em Portugal -, Homecore e Les Expatriés são algumas das marcas que estão presentes no espaço, bem como algumas marcas inglesas: YMC, Folk Clothing, ALBAM e a marca finlandesa Stutternheim, entre outras.

Paralelamente à loja, existem ainda dois espaços complementares, destinados a receber criadores e artistas dos mais variados campos de produção nacional, desde as artes têxteis às artes preformativas.

Texto: Ana Suzel
Fotografia: Luis Ferraz