409 Visualizações |  Gosto

A nova loja Pepe Jeans na Regent Street

A Pepe Jeans abriu recentemente uma nova loja em plena Regent Street, em Londres, que concentra num só piso as linhas de mulher, homem, denim, acessórios e criança. Esta é também a passagem para um novo conceito de design, que teve como principal responsável o Martin Brudnizki Design Studio e o resultado combina uma mistura eclética de materiais que pretende inspirar todas as gerações.

A loja conta com detalhes em latão, cortiça, paredes em madeira com formas geométricas em vinil e o chão em tons de azul. Há ainda uma instalação em LED com um display que apresenta as imagens da campanha e todas as novidades.

O Custom Studio também ele está presente num corner especial, com uma nova imagem, desta vez em madeira estirada com detalhes em pele e latão.

A Magnética Magazine teve a oportunidade de entrevistar o criador desta nova loja, Martin Brudnizki, sobre o seu trabalho neste espaço:

MARTIN BRUDNIZKI Luca Marziale

Martin, quais foram as ideias chave para criar esta nova loja da Pepe Jeans?
O novo conceito de design combina um mix eclético de materiais contrastantes com especial destaque para o ‘handmade; criando assim um espaço/ uma loja que é confortável para várias gerações.

Também incluímos algumas tecnologias inovadoras, como a Identificação por radiofrequência ou RFID (“Radio-Frequency Identification”) e uma parede interactiva nos provadores, que reconhece as peças que o cliente está a experimentar. Para além de mostrar como fica cada peça em diferentes looks, esta tecnologia permite ainda fazer pedidos ao assistente de loja, para que o cliente não tenha de sair do provador à procura de um novo tamanho. O espaço tem ainda uma peça de arte exclusiva criada em colaboração com o artista Ian Berry, que colaborou com a marca várias vezes, e que se enquadra neste novo conceito de design. No geral o objetivo, e a sensação, é que este espaço pode ser aprecidado e vivido por todos, independentemente da idade.

A loja apresenta muitas cores e um ambiente jovem. Quais foram as suas inspirações para o local?
No fundo, o objetivo da Pepe Jeans de criar uma marca que é acessivel a todos ajudou a construir o conceito. Essa foi a maior inspiração.

O que torna esta loja diferente, numa rua que é conhecida por ter centenas de lojas? O que vai fazer o cliente entrar e aproveitar o espaço e o momento?
A inclusão da tecnologia RFID e de uma parede interativa são novidades e únicas em loja. Vai mostrar uma nova maneira de fazer compras, para além de experimentar/vivenciar a marca neste espaço.

Como é criar uma loja totalmente inovadora e diferente para uma marca icónica como a Pepe Jeans? Como foi o desafio?
Retrabalhar o conceito para a loja Pepe Jeans da Regent Street deu a oportunidade ao Martin Brudnizki Sesign Studio de reinventar uma marca muito amada pelo público. Neste momento a loja apela a um público maior e encaixa-se de forma mais natural no seu ambiente e bairro. Assim como oferece uma experiência de compra interativa única.

Dentro da loja, existe algum espaço específico que gostou mais de criar e trabalhar? Qual?
Gostámos especialmente de implementar a mistura eclética de materiais que contrastam entre si. Mistura essa que teve uma ênfase no artesanato. A cortiça foi combinada com detalhes de latão, paredes de contraplacado com formas de geométricas e azulejos decorativos que criam um espaço muito jovem.

Pepe Jeans Regent Street London flagship 3 Pepe Jeans Regent Street London flagship 1 Pepe Jeans Regent Street London flagship 2 Pepe Jeans Regent Street London flagship 7 Pepe Jeans Regent Street London flagship 8

Entrevista: Ana Suzel
Fotografia: Direitos Reservados